Pedra na Vesícula – Tratamento Natural

Pedra na Vesícula, TERAPIAS COM ÓLEOS
A vesícula biliar é uma pequena bolsa em forma de pêra escondida atrás dos lobos do fígado. A sua principal função é armazenar a bile rica em colesterol que é segregada pelo fígado, ajudando o corpo a digerir alimentos gordurosos.

vesicula-biliar-pedra-tratamento-natural

Causas da formação de pedras na vesículaespaço

As pedras na vesícula são formadas por alterações na composição da bile, e alguns factores que podem causar essas alterações são:espaço
  • Obesidade
  • Perda de peso súbita
  • Dieta rica em gorduras e carboidratos simples, como pão branco e refrigerantes;
  • Dieta pobre em fibras, como alimentos integrais, frutas e verduras;
  • Diabetes;
  • Colesterol alto;
  • Falta de actividade física;
  • Hipertensão arterial;
  • Fumo;
  • Uso prolongado de anticoncepcionais:
  • Histórico familiar de pessoas com pedra na vesícula.espaço
Devido às diferenças hormonais, as mulheres têm uma maior tendência para ter pedras na vesícula do que os homens.espaço

Como combater as gorduras e facilitar a digestão?espaço

Óleos essenciais: gengibre, canela, limão, cominho, toranja e bergamota ajudam a queimar as gorduras e facilitam a digestão. Slim & Sassy é uma mistura de vários óleos essenciais tornando-se num produto Natural de enormes benefícios para a saúde.slim-sassy-doterra-comprar-oleos-essenciais-portugal

espacoBenefícios Primáriosespaço

  • Desintoxica o fígado, vesícula e os rins
  • Queima Calorias
  • Ajuda a gerenciar ânsias de fome
  • Acalma o estômago
  • Reduz a celulite
  • Estimula a micção
  • Equilibra a flora intestinal
  • Equilibra a tensão arterial
  • Controla a diabetes
  • Elimina o Stress e cansaço físico e mentalespaço
Adquira óleos essenciais 100%  Naturais e seguros para consumo neste site, através da nossa loja online.espaço

Sintomas de Pedra na Vesículaespaço

O principal sintoma de pedra na vesícula é a cólica biliar, que é uma dor súbita e intensa no lado direito do abdómen. Normalmente essa dor surge cerca de 30 minutos a 1h após a refeição, mas passa depois que acaba a digestão dos alimentos, pois a vesícula deixa de ser estimulada para liberar a bile. Além da cólica biliar, outros sintomas podem ser:espaço
  • Febre e calafrios
  • Pele e olhos amarelados
  • Diarreia
  • Náuseas e vómitos
  • Perda de apetiteespaço

Dieta da Vesícula Biliarespaço

Estes alimentos podem ajudar a reduzir a vesícula biliar e são mais fáceis para o corpo a digerir.espaço
  • Água ou chá – 1 litro e meio por dia ajuda a libertar as toxinas que provocam a inflamação

cha

  • Alimentos ricos em fibras – 30-40g de fibra por dia podem ajudar a reduzir o risco de pedras biliares.espacoalimentos-ricos-em-fibrasespaco
  • Beterraba e alcachofra – Estes vegetais ajudam a melhorar o fluxo biliar e quebrar a gordura.beterraba-e-alcachofra
  • Óleo de coco – óleo de coco contém forma de gordura mais fácil para o organismo a digerir. Ainda assim, não deve ser utilizada mais do que uma colher de sopa de cada vez. Confira os benefícios aquioleo-de-coco-doterra-comprar-oleos-essenciais-portugalPode adquirir este óleo na nossa loja online.espaco
  • Sementes germinadas – linhaça, chia, cânhamo e abóbora são mais fáceis de digerir e podem reduzir a inflamação. Consumir apenas 1-2 colheres de sementes germinadas de cada vez para evitar o excesso de gordura.espacosementes-germinadas1

    espaco

  • Alimentos crus -uma dieta rica em vegetais crus, como frutas, legumes, nozes e sementes evita a ocorrência de cálculos biliares.espaco

feat-alimentos-crus-610x300

  • Proteína magra – frango, peru, carne de vaca e peixe fresco magros.espacoimg_alimentos_ricos_em_proteinas_magras_23384_origespaco
  • Açafrão e cominhos – ajudam a digestão dos alimentos gordos.espacoaçafrão e cominho

Alimentos a evitarespaco

  • Fritos e alimentos hidrogenados – Estes alimentos podem piorar problemas da vesícula biliar.
  • Açúcar – chocolate, bolachas e massa folhada podem aumentar a probabilidade da vesícula biliar formar pedra.
  • Carnes Gordas – porco e derivados, miúdos como fígado, coração, rim ou moela, caldo de carne e molhos prontos são ricos em gorduras que aumentam a inflamação.
  • Produtos lácteos – leite, queijo, requeijão, iogurtes e manteiga. Estes alimentos são pró-inflamatórios.
  • Gordura Animal e Vegetal – óleo vegetal, azeite e manteiga podem causar problemas.
  • Frutos secos – nozes, castanhas, amêndoas, amendoim são ricos em gorduras.
  • Peixes Gordos – Atum, salmão ou sardinha fresca ou enlatada
  • Álcool e tabaco – devem ser evitados porque facilitam a acumulação de gorduras.espaco